terça-feira, 18 de outubro de 2011

CRONOGRAMA CINEMA NA COMUNIDADE PARA O MÊS DE OUTUBRO/NOVEMBRO



19/10 – Monitoria – Eulália Carla e Antonio Flávio
Exibição do filme:
O Grilo Feliz (Programa 171) - Em um pequeno povoado de insetos na floresta, o Grilo Feliz compõe suas músicas e dá lições de cidadania à sua turma, com sua violinha, feita de casca de amendoim. Mas a paz será quebrada com a chegada do ambicioso lagarto Maledeto e seu Bando do Brejo, formado por sapos guardiões, e Faz Tudo, um louva-a-deus bajulador e atrapalhado. Maledeto não respeita a natureza e odeia música. Ele acaba com a tranquilidade do local e estabelece um reinado de medo, que os habitantes da comunidade terão de combater com muita astúcia.
Ficha de Informações do Filme / Título: O Grilo Feliz / Título (inglês): The Happy Cricket / Duração: 80 min e 25 seg. / Ano: 2001

26/10 - – Monitoria – Evaldo Vasconcelos e Antonio Flávio
Exibição dos Curtas (Curta Criança – 99)
Uma jangada chamada Bruna
A experiência do primeiro amor: Pedro tem 10 anos e se apaixona por Bruna, de 11 anos. Ambos são filhos de pescadores, vizinhos na mesma aldeia de praia do Ceará.
Ficha de Informações do Filme: Duração: 13 min e 0 seg. / Ano: 2004 / Cidade: Fortaleza UF(s): CE País: Brasil / Gênero: Ficção / Subgênero: / Cor: Colorido
Dona Carmela - Ao contar a história da descoberta do afeto entre Augusto e seu neto, Sergio, o filme revela, também, o conflito entre o sonho de um velho ator em voltar a trabalhar e a realidade da mais poderosa contadora de histórias dos nossos dias - a televisão.
Ficha de Informações do Filme / Duração: 13 min e 0 seg. / Ano: 2004 / Cidade: Fortaleza UF(s): CE País: Brasil / Gênero: Ficção / Subgênero: /Cor: Colorido
A CIDADE E SEUS PERSONAGENS
Oficina Perdiz - SCRN 708/9. Entre os Blocos C e D. Área pública. Brasília-DF. Durante o dia, Perdiz tem uma oficina mecânica. À noite, desde 1969, abre o espaço para a exibição de peças teatrais. Mas, para a prefeitura da cidade, continua irregular.
Ficha de Informações do Filme / Título: Oficina Perdiz / Título (inglês): Oficina Perdiz / Duração: 20 min e 0 seg. / Ano: 2006 / Cidade: Brasília UF(s): DF País: Brasil
Gênero: Documentário / Subgênero: / Cor: Colorido
Na corda bamba - Uma pequena fábula sobre a frieza da vida moderna e a tentativa de manter a alegria.
Ficha de Informações do Filme / Título (inglês): Walking on the tightrope /Duração: 5 min e 0 seg. / Ano: 2006 / Cidade: Recife UF(s): PE País: Brasil / Gênero: Animação / Subgênero: Infantil / Cor: Colorido

09/11 - Monitoria – Lucia Nascimento e Antonio Flávio
Exibição do filme:
Uma vida em segredo -
Biela, de 17 anos, é órfã de mãe e mora com o pai — simplório, rico, maníaco e rústico — numa fazenda de café e muito gado, onde os costumes sociais ainda remontam ao século 19. Com a morte do pai, Conrado, seu primo e tutor, leva a jovem para viver com sua família em uma pequena cidade. Constança, esposa de Conrado, busca integrar Biela à vida social de acordo com as posses da família e, para tanto, encomenda vestidos elegantes e a ensina a se portar como uma jovem educada e refinada. Entretanto, Biela só se sente bem na cozinha ao lado dos empregados, com quem passa a conviver definitivamente após uma grande desilusão amorosa.

Ficha de Informações do Filme / Título: Uma vida em segredo / Duração: 98 min e 0 seg.
Ano: 2001 / Cidade: São Paulo UF(s): SP País: Brasil / Gênero: Ficção / Subgênero: Histórico / Cor: Colorido

16/11 – Monitoria – Eulália Carla e Antonio Flávio
Exibição dos Curtas (Curta Criança – 99)
As andanças do nosso senhor sobre a terra - Nosso Senhor é um andarilho que percorre a Terra ao lado de São Pedro curando e pregando. Quando São Pedro cai em tentação, cabe ao Nosso Senhor perdoar ou não. Adaptado da estória popular “Os rins da ovelha”, contada por João Monteiro a Luiz da Câmara Cascudo (“Contos Tradicionais do Brasil”).
Ficha de Informações do Filme / Duração: 13 min e 0 seg. / Ano: 2005 / Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil / Gênero: Animação / Subgênero: / Cor: Colorido
Tampinha - Era uma vez uma menina pequena, mas tão pequena, que, quando alguém espirrava por perto... ela voava. Seu nome era Tampinha.
Ficha de Informações do Filme / Duração: 13 min e 0 seg. / Ano: 2004 / Cidade: Poços de Caldas UF(s): MG País: Brasil / Gênero: Ficção / Subgênero: Cor: Colorido
A CIDADE E SEUS PERSONAGENS
Lurdinha, a vendedora de ilusões - Ilha de Santa Catarina, Florianópolis. Lurdinha, uma mulher de aproximadamente 40 anos, vestida elegantemente, vende bilhetes de loteria no centro da cidade. Uma abordagem poética conduzida pelos relatos do cotidiano de Bernardo Soares, um dos heterônimos de Fernando Pessoa, sobre a importância de personagens que poderiam ficar no anonimato, mas que se tornam um elo entre a vida privada e coletiva da população urbana.
Ficha de Informações do Filme - Duração: 26 min e 0 seg. / Ano: 2007 / Cidade: Florianópolis UF(s): SC País: Brasil / Gênero: Documentário / Subgênero: Drama
Cor: Colorido

23/11 – Monitoria – Evaldo Vasconcelos e Antonio Flávio
Exibição dos Curtas( Clássicos e Modernos – 54) Em Homenagem a semana da Consciência Negra.
Aruanda - A história de um quilombo, formado em meados do século XIX, por escravos libertos no sertão da Paraíba. O filme, da mesma época da inauguração de Brasília, mostra uma pequena população, isolada das instituições do país, presa a um ciclo econômico trágico e sem perspectivas, variando do plantio de algodão à cerâmica primitiva. O curta é considerado um dos precursores do Cinema Novo.
Ficha de Informações do Filme Duração: 22 min e 0 seg. / Ano: 1960 / Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil / Gênero: Documentário / Subgênero: Suspense / Cor: PB
Maré capoeira - Maré é o apelido de João, um menino de dez anos que sonha ser mestre de capoeira como seu pai, dando continuidade a uma tradição familiar que atravessa várias gerações. O curta mistura ficção e documentário para contar uma pequena história de amor e guerra.
Ficha de Informações do Filme; / Duração: 15 min e 0 seg. / Ano: 2005 / Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil / Gênero: Documentário / Subgênero: Suspense / Cor: Colorido
FESTIVAL BAHIA 100 ANOS
Gato Capoeira

30/11 – Monitoria – Lúcia Nascimento e Antonio Flávio
Exibição dos Curtas (Curta Criança – 99)
O moleque - Tião é pobre e negro, mas tem orgulho de sua mãe, a melhor lavadeira da região. Ele sai para pescar com Pedrinho, seu único amigo. Todos os outros moleques adoram lhe dar apelidos, por causa da cor de sua pele. Mas Tião não vai agüentar por muito tempo e prepara sua vingança.
Ficha de Informações do Filme / Duração: 13 min e 0 seg. / Ano: 2004 /Cidade: São Paulo UF(s): SP País: Brasil / Gênero: Ficção / Subgênero: / Cor: Colorido
Tainá-Kan, a grande estrela - Segundo uma lenda karajá, Tainá-Kan, a grande estrela, vem à Terra por amor, na forma de um homem velho. A lenda explica o surgimento da agricultura para o povo karajá. Suas bonecas de cerâmica servem de inspiração para os personagens, e a trilha é composta de músicas típicas.
Ficha de Informações do Filme Duração: 15 min e 0 seg. / Ano: 2006 / Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil / Gênero: Animação / Subgênero: / Cor: Colorido
São João do carneirinho- São João menino perde seu carneirinho e sai à procura com a ajuda de mais três crianças. No caminho, eles encontram personagens marcantes dos folguedos juninos.
Ficha de Informações do Filme Duração: 13 min e 0 seg. / Ano: 2004 /Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil / Gênero: Ficção / Subgênero: Infantil / Cor: Colorido
A CIDADE E SEUS PERSONAGENS
Porr Gentileza - O filme documenta a experiência do diretor que incorpora seu personagem, o Profeta Gentileza, e sai à rua para interagir com as pessoas. Marcante personagem da cidade do Rio de Janeiro, o Profeta Gentileza atuava no “lado B” da cidade, pregando que “Gentileza gera gentileza”.
Ficha de Informações do Filme Título (inglês): A prophet called Gentileza / Duração: 14 min e 14 seg. / Ano: 2002 / Cidade: Rio de Janeiro UF(s): RJ País: Brasil / Gênero: Documentário / Subgênero: / Cor: Colorido

07/12 – Monitoria – Eulália Carla e Antonio Flávio
Exibição dos Curtas
Curtas – Relações Familiares – DVD 209
Ao escolher a família como seu foco primário de atenção, os sete curtas-metragens que compõem este programa voltam seu olhar para aspectos distintos deste que é o núcleo fundador da nossa sociedade. A família, com sua capacidade de resumir os principais conflitos e realizações do ser humano, serve de espelho para todos nós. Não por acaso, assistindo a estes filmes, que ganharam prêmios e participaram de diversos festivais nacionais e internacionais, podemos ver projetadas ali nossas próprias relações com pais, avós, irmãos, tios, filhos, maridos e esposas. Realizados entre 1988 e 2009, eles nos permitem ainda traçar um painel tanto dos modelos de organização e relações afetivas e familiares ao longo deste período, como também ver variações de modelos narrativos e de produção pelos quais o cinema passou nos últimos anos.


Participe:
todas as quartas-feiras
a partir das 18h
Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias.

Apoio:
APM Paulo Freire
Brinquedoteca Pública Municipal
Cine Mais Cultura
Ministério da Cultura
Governo Federal
Governo Municipal de Cruz

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Sessão Semana da Criança



No espaço da Brinquedoteca Pública Municipal, apresentamos no dia 10/12/2011, aconteceu 50ª sessão do Cine Clube de Cruz, de forma especial para a Semana da Criança promovida pelo COMDCA de Cruz

Filmes exibidos
João e o Pé de Macacheira
Três Porquinhos e um bebê;

A Platéia composta por crianças e adolescentes da comunidade de Tucuns e diversos bairros da cidade, com público estimado em 220 pessoas.

Cineclubista - Evaldo Vasconcelos
Apoio: Antonio Flávio Librada Maria
Brinquedistas

terça-feira, 27 de setembro de 2011

48ª sessão

No espaço da Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, apresentamos no dia 21/09/2011, aconteceu a quadragésima oitava sessão do Cine Clube de Cruz que contou com a participação de 28 pessoas.
Filmes exibidos

10 Centavos – Duração: 19min
Sinopse: Um dia na vida de um garoto que mora no subúrbio ferroviário de Salvador e trabalha como guardador de carros no centro histórico.

Novembrada – Duração: 20min
Sinopse: Em novembro de 1979, um protesto de estudantes universitários, contra a presença do Presidente da República João Figueiredo, transforma o centro da ilha de Santa Catarina em um campo de batalha. Este episódio ajudou a derrubar a censura e tornou-se um marco no processo de abertura democrática no país. O filme mostra a relação entre a censura sofrida por jornalistas dos grandes jornais locais e o papel da imprensa livre e alternativa. A música de Chico Buarque ‘Apesar de você’, cantada pelo Quarteto em Cy, nos dá a síntese do sentido do ato liderado pelos estudantes catarinenses, ainda em plena Ditadura.

Platéia composta por crianças e adolescentes com parceria do Pró_jovem Adolescente do CRAS. Tema Debatido - Repressão política

Cineclubista - Eulalia Muniz Apoio: Antonio Flávio Librada Maria

47ª Sessão




No espaço da Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, apresentamos no dia 14/09/2011, aconteceu a quadragésima sétima sessão do Cine Clube de Cruz que contou com a participação de 40 pessoas numa sessão. O debate foi bastante proveitoso.


Filmes exibido:

Santa de Casa
Sinpose: (Animação para Adultos) Oséias leva uma vida desregrada até que sua mulher tem problemas no parto. Desesperado, faz então uma promessa: se a filha sobrevivesse, ela se chamaria Aparecida; ele pararia de fumar; e durante três Carnavais ele vestiria ela de santa e a colocaria em cima de um andor no meio do seu bloco, o Grêmio Carnavalesco Quem Nunca Sentiu Vai Sentir Agora.

Pequenas Histórias
Sinopse: Na varanda de uma fazenda, uma senhora conta histórias ao mesmo tempo em que corta e costura retalhos de pano, criando imagens que formam uma toalha. São quatro histórias de humor e magia. O casamento do pescador com Iara, a sereia dos rios. O coroinha de uma igreja que vê a procissão das almas. O encontro entre um Papai Noel de loja e um menino de rua e as aventuras de Zé Burraldo, sujeito ingênuo que sempre se deixa levar pelos outros.


Platéia composta por crianças e adolescentes com parceria do Pró_jovem Adolescente do CRAS

Tema Debatido - histórias do povo - Causos;

Cineclubista - Eulalia Muniz
Apoio: Antonio Flávio
Librada Maria

terça-feira, 6 de setembro de 2011

CRONOGRAMA CINEMA NA COMUNIDADE PARA O MÊS DE SETEMBRO

14/09 – Monitoria – Eulália Carla e Antonio Flávio
Exibição dos Curtas: Animação para Adultos – Santa de casa – (Prog. 93)
Oséias leva uma vida desregrada até que sua mulher tem problemas no parto. Desesperado, faz então uma promessa: se a filha sobrevivesse, ela se chamaria Aparecida; ele pararia de fumar; e durante três Carnavais ele vestiria ela de santa e a colocaria em cima de um andor no meio do seu bloco, o Grêmio Carnavalesco Quem Nunca Sentiu Vai Sentir Agora.

Pequenas Histórias:
Na varanda de uma fazenda, uma senhora conta histórias ao mesmo tempo em que corta e costura retalhos de pano, criando imagens que formam uma toalha. São quatro histórias de humor e magia. O casamento do pescador com Iara, a sereia dos rios. O coroinha de uma igreja que vê a procissão das almas. O encontro entre um Papai Noel de loja e um menino de rua e as aventuras de Zé Burraldo, sujeito ingênuo que sempre se deixa levar pelos outros.

21/09 - – Monitoria – Eulália Carla e Antonio Flávio
Exibição dos Curtas:
10 Centavos
Ficção, Diretor Cesar Fernando de Oliveira; 2007 19 min Brasil
Sinopse:Um dia na vida de um garoto que mora no subúrbio ferroviário de Salvador e trabalha como guardador de carros no centro histórico.
Novembrada:
Em novembro de 1979, um protesto de estudantes universitários, contra a presença do Presidente da República João Figueiredo, transforma o centro da ilha de Santa Catarina em um campo de batalha. Este episódio ajudou a derrubar a censura e tornou-se um marco no processo de abertura democrática no país.


05/10 - Monitoria – Lúcia Nascimento e Antônio Flávio
Exibição dos Curtas:
A lente e janela
Uma menina ganha uma câmera de vídeo no Natal e se transforma através da lente e da janela. Duração: 12 min e 0 seg. Ano: 2005
Passadouro:
As transformações dos hábitos e dos costumes no sertão nordestino com a chegada da parabólica. O velho e o novo coabitam o mesmo tempo e espaço. Duração: 6 min e 0 seg.
O maior espetáculo da Terra:
Um documentário sobre um circo na corda bamba. Duração: 15 min e 0 seg.
Geraldo Voador
Menino de favela com um dom especial acaba se envolvendo com traficantes. Baseado em trabalhos de Will Eisner. Duração: 10 min e 0 seg.


Participe:
todas as quartas-feiras
a partir das 18h
Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias.

Apoio:
APM Paulo Freire
Brinquedoteca Pública Municipal
Cine Mais Cultura
Ministério da Cultura
Governo Federal
Governo Municipal de Cruz

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

46ª Sessão

No espaço da Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, apresentamos no dia 31/08/2011, a 46ª sessão do Cine Mais Cultura.

Na noite foram exibidos os curtas Pequenas HIstórias da TV EScola do MEC e a mulher do Atirador de Facas; e Balada de Duas mocinhas de Botafogo.

Filmes:
Pequenas Histórias Na varanda de uma fazenda, uma senhora conta histórias ao mesmo tempo em que corta e costura retalhos de pano, criando imagens que formam uma toalha. São quatro histórias de humor e magia. O casamento do pescador com Iara, a sereia dos rios. O coroinha de uma igreja que vê a procissão das almas. O encontro entre um Papai Noel de loja e um menino de rua e as aventuras de Zé Burraldo, sujeito ingênuo que sempre se deixa levar pelos outros

A Mulher do Atirador de Facas Balada de duas mocinhas de Botafogo; O publico foi atento e participativo.

Estiveram na monitoria da noite: Antonio Flávio e Eulália Carla - Cineclubitsta.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

45ª Sessão

No espaço da Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, apresentamos no dia 24/08/2011, aconteceu a quadragésima quinta sessão do Cine Clube de Cruz que contou com a participação de 47 pessoas numa sessão interessante onde foi incluida na programação dos filmes, um depoimento de adolescentes grávidas do Vídeo produzido pelo Ponto de Cultura Outros Olhares. O debate foi bastante proveitoso.
Filme exibido:
O bloqueio;
Experimental | De Cláudio de Oliveira | 2002 | 10 min | MG
Com Catarina Magalhães, Clayton Ricardo, Fernando Rabelo, Lucilene França, Luiz Fazito, Thaís Rocha
Gérion é o solitário morador de um edifício assolado por uma imensa quantidade de barulhos. Atormentado e quase louco, ele questiona: estariam construindo ou (...)

O Home que bota ovo;

Destino ou possibilidades;
Platéia composto por crianças e adolescentes com parceria do Pró_jovem Adolescente do CRAS

Tema Debatido - Gravidez na adolescência

Cineclubista - Evaldo Vasconcelos
Apoio: Antonio Flávio
Librada Maria

44ª Sessão do Cineclube de Cruz

Trópico das Cabras
Gênero Ficção
Diretor Fernando Coimbra
Elenco Larissa Salgado, Victor Hugo Carrizo
Ano 2007
Duração 23 min
Cor Colorido
Bitola 35mm
País Brasil
Local de Produção: SP

Roadmovie. Um casal em crise parte do litoral para o interior de São Paulo, num Chevette, para salvar ou perder de vez sua relação. Aos poucos, se entregam a um estranho jogo sexual.

A quadragésima quarta sessão do Cine Clube de Cruz contou com a participação de 40 participantes da sessão que também participaram do debate sobre a temática da família em Cruz. O debate contou com Adolescentes do Pró_Jovem Adolescente do CRAS e comunidade presente em virtude da temática da Semana da Família do qual o Cinema fez parte da programação.
Participação da Cineclubista - Lúcia Nascimento
Apoio:
Antonio Flávio
Librada Maria

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

43ª Sessão

No dia 10 de Agosto de 2011, nas dependências da Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, aconteceu a Quadragésima Terceira Sessão do Cine Mais Cultura em Cruz, com a participação de 20 pessoas.

No momento exibimos os curtas:
Sinopse - Morte e Vida Severina em Desenho Animado é uma versão audiovisual da obra prima de João Cabral de Melo Neto, adaptada para os quadrinhos pelo cartunista Miguel Falcão. Preservando o texto original, a animação 3D dá vida e movimento aos personagens deste auto de natal pernambucano, publicado originalmente em 1956.
Em preto e branco fiel à aspereza do texto e aos traços dos quadrinhos, a animação narra a dura caminhada de Severino, um retirante nordestino, que migra do sertão para o litoral pernambucano em busca de uma vida melhor.
Depois de finalmente encontrar uma árvore que lhe fornece sombra, o bode Bartô tem de encarar um lenhador decidido a cortá-la. (Animação para a primeira infância).

Participaram da sessão os adolescentes do Projovem e população geral. Na coordenação da noite, esteve a frente a cineclubista: Eulália Carla Nascimento.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Quadragésima Segunda Sessão do Cine Mais Cultura

No dia 03 de Agosto de 2011, nas dependências da Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, aconteceu a Quadragésima Segunda Sessão do Cine Mais Cultura em Cruz. No momento, tivemos a participação de 50 adolescentes.

Nesta noite, fizemos a divulgação e apresentação do material que recebemos da 4ª. Mostra Itinerante For Rainbom da Diversidade sexual. Com temática exclusiva LGBT, a mostra itinerante do IV For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual – disponibilizou 150 kits de seus filmes para distribuição e exibição. O material já foi solicitado por 110 instituições, sendo 66 entidades contempladas pelo programa Cine Mais Cultura.
O Cineclube de Cruz participou da seleção e foi agraciado com um dos Kits, que foram exibidos na noite do Cine:

Mostra Itinerante – 4° For Rainbow – Festival da diversidade Sexual
On my own – 4'
E agora Luke (RJ) - Direção: Alan Nóbrega - Ani, 04 min, 2010 - Luke é um rapaz que está iniciando a sua vida adulta e é obrigado a se defrontar com os seus valores religiosos, morais, sociais, após um segredo seu ser descoberto.
Glossário (CE) - Direção: Fabinho Vieira - Exp, 02 min, 2008 - Duas travestis, com todo seu carisma e encanto, revelam os significados dos termos e gírias próprios que já caíram no gosto popular.

Sem Purpurina - Realidade LGBT Na Baixada Santista (SP) - Direção: Fernanda Balbino, Lara Finochio, Lívia Carvalho e Xenda Amici - Doc, 15 min, 2009 - O documentário mostra os sonhos, as alegrias, os dramas e a luta contra o preconceito sob a visão da comunidade GLBTT e especialistas.
Calango – Animação para primeira infância 2 – 10'

Participaram da sessão, os grupos do Projovem e suas Orientadoras dos Bairros de Brasília, Tucuns, Canema e Ceru, Adolescentes Amigos da Leitura e pessoas da população geral. E ainda tivemos como convidados especiais, que participaram do debate, a Assistente Social e o Psicólogo do CRAS, juntamente com os homossexuais Antônio Flávio e Pedro Damasceno.

Na monitoração da noite, estiveram a frente: José Evaldo de Vasconcelos – Coordenador da Cultura e a Coordenadora da Biblioteca – Juberlândia, Cineclubista – Lúcia Nascimento e a Coordenadora do Projeto Eu Sou Cidadão – Amigos da Leitura – Silvany Rios.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Imagens da Mostra da Diversidade Sexual





















Cinema na Comunidade no mês de Agosto

Cinema na Comunidade no mês de Agosto

> 03/08 – Cineclubistas – Evaldo e Lucinha
Mostra Itinerante – 4° For Rainbow – Festival da diversidade Sexual
On my own – 4'
E agora Luke (RJ) - Direção: Alan Nóbrega - Ani, 04 min, 2010 - Luke é um rapaz que está iniciando a sua vida adulta e é obrigado a se defrontar com os seus valores religiosos, morais, sociais, após um segredo seu ser descoberto.
GLOSSário (CE) - Direção: Fabinho Vieira - Exp, 02 min, 2008 - Duas travestis, com todo seu carisma e encanto, revelam os significados dos termos e gírias próprios que já caíram no gosto popular.
Sem Purpurina - Realidade LGBT Na Baixada Santista (SP) - Direção: Fernanda Balbino, Lara Finochio, Lívia Carvalho e Xenda Amici - Doc, 15 min, 2009 - O documentário mostra os sonhos, as alegrias, os dramas e a luta contra o preconceito sob a visão da comunidade GLBTT e especialistas.
Calango – Animação para primeira infância 2 – 10'

>10/08 – Cineclubista – Eulália
Morte e vida severina – Sinopse - Morte e Vida Severina em Desenho Animado é uma versão audiovisual da obra prima de João Cabral de Melo Neto, adaptada para os quadrinhos pelo cartunista Miguel Falcão. Preservando o texto original, a animação 3D dá vida e movimento aos personagens deste auto de natal pernambucano, publicado originalmente em 1956.
Em preto e branco, fiel à aspereza do texto e aos traços dos quadrinhos, a animação narra a dura caminhada de Severino, um retirante nordestino, que migra do sertão para o litoral pernambucano em busca de uma vida melhor. Duração - 56 minutos. Faixa de Ensino - FUNDAMENTAL E MÉDIO
Bartô - 7:00 min. – Animação para a primeira infância

> 17/08 – Cineclubista – Lúcia
Céu Limpo - 14' – Sinopse - Baseado no conto homônimo do escritor cearense Eduardo Campos, Céu Limpo expõe o drama de Leôncio e Chica que, inseridos numa realidade desoladora e cruel, fazem da esperança a sua principal aliada - Festival de Jeri/Disco 2
Ana Beatriz – 9' - Festival de Jeri/Disco 3
Trópico das cabras – Ficção - Duração 23 min. Sinopse - Um casal em crise parte do litoral para o interior de São Paulo, num Chevette, para salvar ou perder de vez sua relação. Aos poucos, se entregam a um estranho jogo sexual. Encontros e desencontros do amor
O anão que virou gigante – 10' - Festival de Jeri/Disco 3

>24/08 – Cineclubista – Evaldo
O casamento de Corisco e Dadá numa noite de São João 31'04 -(Disco Revela Ceará Jovem)
Josué e o pé de Macaxeira - (Festival Jeri/ Disco 2) 12” - O filme nos remete de súbito à nossa infância, aos desenhos da época em que não tínhamos barba, onde nosso herói irrompia o limite das nuvens, conduzido por um pé de feijão, e invadia o castelo do gigante do mal.
Dessa vez somos levados até lá por um caipira simpático chamado Josué, que por acaso foi alçado aos céus por um pé de macaxeira, cujas sementes foram compradas despretensiosamente de um andarilho, um ambulante, ou melhor, um vendedor de sonhos ambulante.
Lançado na aventura, Josué adentrou o imenso castelo, conhecendo lá uma esquálida galinha que põe ovos de ouro e um trio de forró que só toca para o deleite do ilustre herói.
Mulheres do Brasil - 3° episódio - Telma (Roberta Rodrigues) é uma porta-bandeira, que enfrenta os problemas do cotidiano para manter a tradição familiar e, assim como a avó e a mãe, conquistar o prêmio máximo no Carnaval do Rio de Janeiro. Laura (Bete Coelho) é uma mulher que, aos 45 anos, precisa enfrentar as dificuldades de retornar ao competitivo mercado de trabalho de São Paulo, após o fim de seu casamento. Esmeralda (Camila Pitanga) é uma mulher do interior da Bahia que, desde criança, segue a fé cristã mas apresenta fortes traços de personalidade e dubiedade de um anjo-demônio. Ana (Luana Carvalho) é uma jovem universitária de Maceió que, após conhecer um casal formado por uma rendeira e um pescador, revê seus valores de vida. Já Martileide (Carla Daniel) é uma garçonete de Curitiba que, inconformada com a vida que leva em um bairro pobre, redescobre a esperança através da voz de um locutor de rádio.
O bloqueio - 10 min. Animação para adultos 3

>31/08 – Cineclubista – Eulália
Pequenas histórias (TV Escola) 80'
A mulher do atirador de facas – 10' - O amor é uma faca afiada, que fere, corta, zune veloz com o rumo nem sempre preciso. Encontros e desencontros do amor

Quando e Onde
Todas as quartas-feiras, à partir das 18h na Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias.

Apoio:
Cine Mais Cultura
Ministério da Cultura
Governo Federal
Governo Municipal de Cruz

Realização:
Coordenação de Cultura
Coordenação da Biblioteca
APM Paulo Freire
Brinquedoteca Pública Municipal

Por: Evaldo Vasconcelos

quinta-feira, 28 de julho de 2011

5ª Mostra Itnerante For Rainbom




Com temática exclusiva LGBT, a mostra itinerante do IV For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual – disponibilizou 150 kits de seus filmes para distribuição e exibição. O material já foi solicitado por 110 instituições, sendo 66 entidades contempladas pelo programa Cine Mais Cultura. Os demais kits serão destinados aos Pontos de Cultura do Ceará, estado onde acontece a mostra.



Os filmes concorrem ao troféu Artur Guedes, na categoria Melhor Filme, selecionado por júri popular em todas as localidades de exibição. O “kit For Rainbow” é composto por um DVD com filmes de curta e média-metragem nacionais, um catálogo, um CD com produtos gráficos para reprodução e textos de interesse da questão LGBT, um cartaz, produtos artesanais com motivos LGBT e camiseta para sorteio ao público das sessões itinerantes.


O Cineclube de Cruz participou da seleção e foi agraciado com um dos Kits, que estará exibindo no dia 03/08/2011 na Biblioteca Pública Municipal.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Poesia - Cinema Projovem

Pra falar a verdade,
Eu adorei e não esqueci,
Dos filmes e de tudo que eu vi.

Quando começamos a ver os filmes
E a comentar,
Eu gostei de todos os filmes,
E comecei a me interessar.

Teve vários filmes que,
Tinha a ver comigo,
Filmes sobre a família,
Cenas sobre amigos.

Filmes que retratavam,
Sobre a realidade brasileira,
Cenas de violência,
De tristeza e pobreza.

Mas, não devemos pensar,
Apenas em tristezas,
Lembro das cenas alegres
De desenho animado e brincadeiras.

Deveria ficar pra sempre,
Na memória de todo mundo,
Filmes educativos e que,
Mostram muito sobre tudo.

Espero daqui pra frente,
Tudo fique melhor ainda,
Todos os filmes fiquem interessantes,
E que, nos lembrem da vida.

Queria ficar bem velhinho,
E ainda lembrar,
Desses filmes maravilhosos,
Que vocês costumam passar.

Agradeço a todos da Biblioteca,
E também queria dizer,
Que cada filme que assisti,
Prometo nunca esquecer.

Depoimento de Érika Sabrina – Aluna do Projovem Adolescente do Bairro de Brasília.

Encerramento Semestral na Quadragésima Primeira Sessão do Cine Mais Cultura

















A quadragésima Primeira Sessão do Cine Mais Cultura do dia 13 de Julho de 20011, foi marcada pelo encerramento semestral do Cine com a parceria do Projovem Adolescente. Público este, que manteve sua participação ativa, durante todas as sessões do Cinema.



Como atividades da noite, tivemos a apresentação dos depoimentos dos alunos sobre a contribuição das sessões como suporte de estudo dos temas abordados e trabalhados no projeto.



O evento contou ainda, com a participação especial da comitiva do CRAS,(Assistente Social e Técnica de Referência do Pro-jovem – Dayse Vasconcelos, Coordenadora do CRAS- Andréa Carla Brandão, Assistente Social – Érika e a Pedagoga – Aparecida Mota),que vieram prestigiar o momento, juntamente com as Orientadores do Pro-jovem, trazendo palavras de agradecimento como reconhecimento dos trabalhos prestados pelo grupo.




Para finalizar as sessões desse semestre, exibimos o filme: As Viagens de Gulliver's.




Sinopse:



Lemuel Gulliver (Jack Black) trabalha há 10 anos como entregador de correspondência de um jornal de Nova York. Ele sonha em ser algo maior, mas não tem coragem para se arriscar junto aos editores de seu local de trabalho. O mesmo vale para Darcy Silverman (Amanda Peet), editora do jornal por quem é apaixonado há anos. Um dia, pressionado para que enfim se declare, ele se enrola e acaba recebendo uma oferta para que escreva um texto sobre suas viagens, que será analisado por Darcy. Como consequência, ela o envia para realizar uma matéria no Triângulo das Bermudas, onde ficará por três semanas. Só que, ao chegar lá, seu barco é tragado por uma forte tempestade, que o leva à cidade de Lilliput, onde as pessoas são bem pequenas. Inicialmente Gulliver é considerado uma ameaça, mas aos poucos conquista a simpatia dos moradores locais e modifica por completo sua rotina.




Participaram da sessão os adolescentes do Pró-jovem de Tucuns, Brasília, Aningas e Canema, além das crianças da população geral, totalizando 52 participantes.




Na coordenação da noite, estiveram a frente: Evaldo Vasconcelos Coordenador de Cultura, Cineclubista – Lúcia Maria do Nascimento e a Coordenadora da Biblioteca Juberlandia Farias.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Quadragésima Sessão do Cine Mais Cultura

Aconteceu na quarta-feira do dia 06 de Julho de 2011, na Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, a Quadragésima Sessão do Cine Mais Cultura, com a participação de 15 pessoas.

Participaram da sessão, o grupo de adolescentes do Projovem do Bairro de Canema e Tucuns e da comunidade geral.

Exibição dos curtas: O anão que virou gigante, Josué e o pé de Macaxeira e Mulheres do Brasil.

Josué e o Pé De Macaxeira 11,32'

Ao trocar seu burro por uma "macaxeira mágica", Josué descobre que não são apenas feijões que podem nos levar a uma aventura fantástica.

O Anão que Virou Gigante -10'

A improvável - todavia autêntica - história do anão que virou gigante.

Mulheres do Brasil

Telma (Roberta Rodrigues) é uma porta-bandeira, que enfrenta os problemas do cotidiano para manter a tradição familiar e, assim como a avó e a mãe, conquistar o prêmio máximo no Carnaval do Rio de Janeiro. Laura (Bete Coelho) é uma mulher que, aos 45 anos, precisa enfrentar as dificuldades de retornar ao competitivo mercado de trabalho de São Paulo, após o fim de seu casamento. Esmeralda (Camila Pitanga) é uma mulher do interior da Bahia que, desde criança, segue a fé cristã mas apresenta fortes traços de personalidade e dubiedade de um anjo-demônio. Ana (Luana Carvalho) é uma jovem universitária de Maceió que, após conhecer um casal formado por uma rendeira e um pescador, revê seus valores de vida. Já Martileide (Carla Daniel) é uma garçonete de Curitiba que, inconformada com a vida que leva em um bairro pobre, redescobre a esperança através da voz de um locutor de rádio.

Na monitoração do evento, estiverem presentes:
Coordenação da Biblioteca - Maria Juberlândia de Farias e o Coordenador da Cultura – Evaldo Vasconcelos.




sexta-feira, 24 de junho de 2011

Trigésima Nona Sessão do Cine Mais Cultura

No espaço da Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, apresentamos no dia 22 de Junho de 2011, a Trigésima Nona Sessão do Cine Mais Cultura.

Exibição dos Curtas: Hein; Meninos; Roubada; Santa de Casa; Ratos de Rua e Carro de Boi.

Hein – 2'44” - Memorias em 5”- Animação sobre o encontro fatal entre o garoto rebelde e uma velha distraída.


Meninos -5' – DVD 4 Memorias em 5” - Jornada de um garoto da sala de aula até o banheiro da escola, vencendo alguns de seus medos e preconceitos da infância.

Santa de Casa – 18' - (Animações para Adultos) - Oséias leva uma vida desregrada até que sua mulher tem problemas no parto. Desesperado, faz então uma promessa: se a filha sobrevivesse, ela se chamaria Aparecida; ele pararia de fumar; e durante três Carnavais ele vestiria ela de santa e a colocaria em cima de um andor no meio do seu bloco, o Grêmio Carnavalesco Quem Nunca Sentiu Vai Sentir Agora.

Roubada – 3'40” -(Animações infanto juvenis) Uma divertida e frenética perseguição de uma velhinha de cadeira de rodas a um mal encarado ladrão de bolsas.

Ratos de Rua -5' – DVD 3 - Animação feita em nanquim sobre papel, misturada a imagens feitas em vídeo digital manipuladas e fotos de jornal. Além disso, a obra tenta mostrar um pouco da realidade de crianças que vivem nas ruas do Rio.

Carros de Boi
– 5' – DVD 4 -

Como participantes do cinema, tivemos a presença do Pro-jovem do Bairro de Brasília e Aningas.

Ficou sobre a monitoração da noite, a Coordenadora da Biblioteca – Maria Juberlândia de Farias e a Cineclubista Lúcia Maria Nascimento.





quinta-feira, 16 de junho de 2011

Sessão Especial do Cine Mais Cultura

Em parceria com a Secretaria do Trabalho, Ação Social e Cidadania, juntamente com o COMDICA- Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, a Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, realizou no dia 15 de Junho de 2011, uma sessão Especial do Cine Mais Cultura, como atividade da Semana alusiva de Combate ao Trabalho Infantil.

O filmes da noite exibido, foram: João e Bilu e o Menino de Carvão, curtas-metragem que abordava a temática “Exploração do Trabalho Infantil”.


Bilú e João (Diretora: Kátia Lund / País: Brasil).
Ambientado na capital de São Paulo, duas crianças, Bilú e João, saem pelas ruas barulhentas e movimentadas buscando lixo – dentre latinhas, papelão e qualquer tipo de tralha – para levar a um depósito que os recicla, pagando pequenos valores às crianças dependendo do quanto e do que conseguem apanhar.
Da co-produtora de Cidade de Deus, o curta não deixa de lado o tom cômico e ingênuo que contrasta a dura realidade com a inocência das crianças, que a despeito da sua situação, buscam diversão em pequenas trivialidades do cotidiano.

Menino de Carvão - trata-se de um filme que denuncia o trabalho infantil e as consequências sociais de excluir uma criança da escola, negando-lhe acesso à educação. Além de mostrar a infância marginalizada, o filme também aborda a violência doméstica e a pobreza extrema em que vive o campesinato nordestino, sobretudo a figura alcoólatra e desequilibrada do patriarca da família, o pai da criança, em torno de quem se desenrola toda a trama.Padim Ciço, santo ou Coronel?. Trata-se de um documentário sobre Padim Ciço, como o chamam os romeiros. Após dois anos de captação em duas romarias. Mostrando todas as suas facetas, que o fez um dos mais polêmicos personagens da história do Brasil. De juazeiro do Norte uma Nova Jerusalém e de Padre Cícero o São Francisco Brasileiro. Críticas mordazes dos intelectuais da época e membros da Igreja, opiniões de artistas, antropólogos, socialistas e claro, dos romeiros, que fazem das romarias uma festa e espetáculo de esperança e fé. Além de toda riqueza da cultura popular do Cariri, a força da religião na vida social, na economia de cada juazeirense.

Encerramos nossa noite com a realização de uma dinâmica de interação, onde todos puderam debaterem de forma lúdica, o assunto abordado no filme.
Assim, as crianças puderam aprofundar seu entendimento de como exercer seus Direitos e Deveres como Crianças e Adolescentes.

Como apreciadores do evento, tivemos a presença das crianças do PETI do Bairro de Brasília, Tucuns e Canema e adolescentes da comunidade geral.

Ficou sobre a monitoração da noite a Coordenadora da Biblioteca – Maria Juberlândia de Farias e a Cineclubista – Eulália Carla Muniz.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Trigésima Oitava Sessão do Cine Mais Cultura

No espaço da Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, apresentamos no dia 08 de Junho de 2011, a Trigésima Oitava sessão do Cine Mais Cultura.

Abertura – Vídeo do UNICEF contra o Racismo.
Os curtas exibido na noite, foi:
Mulheres do Brasil (Dira Paes); Leonel e pé de vento; Devoção e a A Ilha.

Mulheres do Brasil - "Mulheres do Brasil" é um longa-metragem que mistura ficção e documentário. Com 113 minutos de duração, reúne cinco histórias de escritoras brasileiras, situadas em diferentes regiões do Brasil.
De Maceió a Curitiba, passando a Bom Jesus da Lapa, na Bahia, e sem deixar de fora grandes metrópoles como o Rio de Janeiro e São Paulo, o filme constrói um painel com leituras possíveis da alma feminina brasileira, através de histórias ora sensuais, divertidas e delicadas ora debochadas e cruéis. São personagens, de diferentes culturas e classes sociais, experiências de vida singulares, vivendo momentos especiais em suas trajetórias. Tempo de rupturas, descobertas, alegrias, tristezas, desvio de rotas e recomeço. Mulheres comuns movidas pela eterna e inquietante busca de seus desejos e sonhos.

Leonel e o pé de vento – 15'- (Animações infanto-juvenis); Leonel Pé-de-Vento é um curta-metragem em animação, 35 mm, com direção de Jair Giacomini. O projeto foi viabilizado com financiamento do Concurso de Apoio à Produção de Obras Cinematográficas do Gênero Animação, promovido pelo Ministério da Cultura em 2004. A produção começou em 2005 e foi finalizada em julho de 2006.

Devoção – 11” - (Animações infanto juvenis) Jovem moça, muito devota, freqüenta uma Igreja no interior. Porém, seu rosto está sempre coberto por um véu, despertando boatos e a fantasia de todos na cidade. O sacristão da Igreja, muito curioso, decide investigar o mistério em torno desta moça e acaba passando pelas maiores confusões para conseguir ver o rosto dela.
A Ilha - Festival de Juri Popular 2010.

Como apreciadores do evento, tivemos a presença do Pro-jovem do Bairro de Brasília, Tucuns e Canema.

Ficou sobre a monitoração da noite, a Coordenadora da Biblioteca – Maria Juberlândia de Farias e o Coordenador da Cultura - Evaldo Vasconcelos.




sexta-feira, 3 de junho de 2011

Trigésima Sétima Sessão do Cine Mais Cultura




Aconteceu na quarta-feira do dia 01 de Junho de 2011, na Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, a Trigésima Sétima Sessão do Cine Mais Cultura.

Participaram da sessão, o grupo de adolescentes do Projovem de Brasília e Aningas e pessoas da comunidade geral.

No Cine, foi exibido o filme: “Mulheres do Brasil e os curtas-metragem: Malasarte vai à feira; Cada um com seu cada qual; Disfarce explosivo e o nordestino e o Toque da lamparina.

Abertura – Vídeo do UNICEF contra o Racismo;

Mulheres do Brasil- (Esmeralda) 25';Esmeralda (Camila Pitanga) é uma mulher do interior da Bahia que, desde criança, segue a fé cristã mas apresenta fortes traços de personalidade e dubiedade de um anjo-demônio.

Malasarte vai à feira 12';Numa feira no interior de Minas, o lendário Pedro Malasartes tenta encher a barriga, nem que para isso precise cozinhar uma bela sopa de pedra. (Curta Criança 2).


Cada um com seu cada qual 15'; Camila, uma menina de 8 anos, vê uma caixa de papelão cair de “burro sem rabo” e tenta devolvê-la a seu dono – um catador de papel, o homem lhe dá de presente a velha caixa. Ao chegar em casa, Camila encontra uma câmera na caixa – e então começa sua aventura. .(Curta Criança 2).


Disfarce explosivo 6'; Juca Piau cria galinhas em seu pequeno sítio para vender na vila próxima. Um dia, duas delas se recusam a ser vendidas usando vários disfarces para enganar Juca Piau. ( curtas infantis 1).


O nordestino e o toque da lamparina 8';O Nordestino e Toque de sua Lamparina, retrata a vida sofrida do sertanejo do Brasil, mostrando seus sonhos, fantasias e criatividade ao encontrar uma lamparina mágica.( curtas infantis 1).


Na monitoração do evento, estiverem presentes:
Coordenação da Biblioteca - Maria Juberlândia de Farias e a Cineclubista – Eulália Carla Muniz Nascimento.




quarta-feira, 1 de junho de 2011

Trigésima Sexta Sessão do Cine Mais Cultura

No espaço da Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, apresentamos no dia 25 de Maio de 2011, a trigésima sexta sessão do Cine Mais Cultura.

Na noite foram exibidos os curtas:

Abertura – Vídeo do UNICEF contra o Racismo;

Ele 13'; Animação produzida por crianças de Vitória (ES) conta a infância do compositor Noel Rosa no bairro de Vila Isabel, no Rio de Janeiro, desde seu primeiro contato com a música até o sucesso nas rádios. ( Animações para crianças).

Catálago de meninas 13'; Dalvinha é uma menina de 14 anos que mora com a mãe e o padrasto. Durante o dia, dentro de casa, ela é tratada como uma empregada doméstica até que conhece o cabaré tropical e muda de rumo de sua vida. DVD 3 – Bahia 100 anos).

Malasarte vai à feira 12'; Numa feira no interior de Minas, o lendário Pedro Malasartes tenta encher a barriga, nem que para isso precise cozinhar uma bela sopa de pedra. (Curta Criança 2).

Calango 8'; Um esfomeado calango decide que um grilo será sua próxima refeição... Mas as coisas não serão tão simples quanto ele imagina. DF, 2007, Animação, Colorido, 7 min. ( Animação para 1ª infância 2).

Participam da Sessão o Pró – jovem do Bairro de Aningas.

Na monitoração da noite, estiveram presentes: Lúcia Maria Nascimento – Cineclubista e José Renato de Freitas.



segunda-feira, 30 de maio de 2011

CRONOGRAMA CINEMA NA COMUNIDADE PARA O MÊS DE JUNHO

01/06 – Monitoria – Juberlândia Farias e Eulália Carla
Exibição dos Curtas: Mulheres do Brasil, O Nordestino e o toque de sua Lamparina; Cada um com seu cada qual; Disfarce Explosivo;


Mulheres do Brasil - "Mulheres do Brasil" é um longa-metragem que mistura ficção e documentário. Com 113 minutos de duração, reúne cinco histórias de escritoras brasileiras, situadas em diferentes regiões do Brasil.
De Maceió a Curitiba, passando a Bom Jesus da Lapa, na Bahia, e sem deixar de fora grandes metrópoles como o Rio de Janeiro e São Paulo, o filme constrói um painel com leituras possíveis da alma feminina brasileira, através de histórias ora sensuais, divertidas e delicadas ora debochadas e cruéis. São personagens, de diferentes culturas e classes sociais, experiências de vida singulares, vivendo momentos especiais em suas trajetórias. Tempo de rupturas, descobertas, alegrias, tristezas, desvio de rotas e recomeço. Mulheres comuns movidas pela eterna e inquietante busca de seus desejos e sonhos.

Cada Um com seu Cada Qual – Duração: 15min
Sinopse: Camila, uma menina de 8 anos, vê uma caixa de papelão cair de “burro sem rabo” e tenta devolvê-la a seu dono – um catador de papel, o homem lhe dá de presente a velha caixa. Ao chegar em casa, Camila encontra uma câmera na caixa – e então começa sua aventura.

Disfarce Explosivo – Duração: 06min
“Juca Piau” cria galinhas em seu pequeno sítio para vender na vila próxima. Um dia, duas delas se recusam a ser vendidas usando vários disfarces para enganar Juca.

O Nordestino e o Toque de sua Lamparina – Duração: 08min
Sinopse: Retrata a vida sofrida do sertanejo brasileiro, mostrando seus sonhos, fantasias e criatividade ao encontrar uma lamparina mágica.

08/06 – Monitoria – Juberlândia Farias e Evaldo Vasconcelos
Exibição dos Curtas: Mulheres do Brasil (Dira Paes); Leonel e pé de vento;A garota das telas;
Devoção;

Mulheres do Brasil - "Mulheres do Brasil" é um longa-metragem que mistura ficção e documentário. Com 113 minutos de duração, reúne cinco histórias de escritoras brasileiras, situadas em diferentes regiões do Brasil.
De Maceió a Curitiba, passando a Bom Jesus da Lapa, na Bahia, e sem deixar de fora grandes metrópoles como o Rio de Janeiro e São Paulo, o filme constrói um painel com leituras possíveis da alma feminina brasileira, através de histórias ora sensuais, divertidas e delicadas ora debochadas e cruéis. São personagens, de diferentes culturas e classes sociais, experiências de vida singulares, vivendo momentos especiais em suas trajetórias. Tempo de rupturas, descobertas, alegrias, tristezas, desvio de rotas e recomeço. Mulheres comuns movidas pela eterna e inquietante busca de seus desejos e sonhos.

Leonel e o pe de vento – 15'- (Animações infanto-juvenis); Leonel Pé-de-Vento é um curta-metragem em animação, 35 mm, com direção de Jair Giacomini. O projeto foi viabilizado com financiamento do Concurso de Apoio à Produção de Obras Cinematográficas do Gênero Animação, promovido pelo Ministério da Cultura em 2004. A produção começou em 2005 e foi finalizada em julho de 2006.

A garota das telas – 15' - (Animações infanto juvenis) Para perseguir a mulher dos sonhos, um amante é capaz de mergulhar numa viagem a todos os gêneros e estilos do cinema e assim representar a maior de todas as artes: a arte da paixão.

Devoção – 11” - (Animações infanto juvenis) Jovem moça, muito devota, freqüenta uma Igreja no interior. Porém, seu rosto está sempre coberto por um véu, despertando boatos e a fantasia de todos na cidade. O sacristão da Igreja, muito curioso, decide investigar o mistério em torno desta moça e acaba passando pelas maiores confusões para conseguir ver o rosto dela.


15/06 – Monitoria – Juberlândia Farias e Eulália Carla
Exibição dos Curtas: Menino de Carvão; 10 Centavos; Documentário referente ao trabalho infantil;

Menino de Carvão - trata-se de um filme que denuncia o trabalho infantil e as consequências sociais de excluir uma criança da escola, negando-lhe acesso à educação. Além de mostrar a infância marginalizada, o filme também aborda a violência doméstica e a pobreza extrema em que vive o campesinato nordestino, sobretudo a figura alcoólatra e desequilibrada do patriarca da família, o pai da criança, em torno de quem se desenrola toda a trama.Padim Ciço, santo ou Coronel?. Trata-se de um documentário sobre Padim Ciço, como o chamam os romeiros. Após dois anos de captação em duas romarias. Mostrando todas as suas facetas, que o fez um dos mais polêmicos personagens da história do Brasil. De juazeiro do Norte uma Nova Jerusalém e de Padre Cícero o São Francisco Brasileiro. Críticas mordazes dos intelectuais da época e membros da Igreja, opiniões de artistas, antropólogos, socialistas e claro, dos romeiros, que fazem das romarias uma festa e espetáculo de esperança e fé. Além de toda riqueza da cultura popular do Cariri, a força da religião na vida social, na economia de cada juazeirense.

10 Centavos - 19' - Bahia 100 anos

Documentário referente ao trabalho infantil;


22/06 – Monitoria – Juberlândia Farias e Lucia Nascimento
Exibição dos Curtas: Hein; Meninos; Roubada; Santa de Casa; Ratos de Rua; Carro de Boi.
Hein – 2'44” - Memorias em 5”- Animação sobre o encontro fatal entre o garoto rebelde e uma velha distraída.

Meninos -5' – DVD 4 Memorias em 5” - Jornada de um garoto da sala de aula até o banheiro da escola, vencendo alguns de seus medos e preconceitos da infância.
Santa de Casa – 18' - (Animações para Adultos) - Oséias leva uma vida desregrada até que sua mulher tem problemas no parto. Desesperado, faz então uma promessa: se a filha sobrevivesse, ela se chamaria Aparecida; ele pararia de fumar; e durante três Carnavais ele vestiria ela de santa e a colocaria em cima de um andor no meio do seu bloco, o Grêmio Carnavalesco Quem Nunca Sentiu Vai Sentir Agora.

Roubada – 3'40” -(Animações infanto juvenis) Uma divertida e frenética perseguição de uma velhinha de cadeira de rodas a um mal encarado ladrão de bolsas.

Ratos de Rua -5' – DVD 3 - Animação feita em nanquim sobre papel, misturada a imagens feitas em vídeo digital manipuladas e fotos de jornal. Além disso, a obra tenta mostrar um pouco da realidade de crianças que vivem nas ruas do Rio.

Carros de Boi – 5' – DVD 4 -


29/06 – Monitoria – Juberlândia Farias, Lucia Nascimento, Evaldo Vasconcelos e Eulália Carla
Filme a escolher: De acordo com a programação do dia de encerramento do semestre.



Participe:
todas as quartas-feiras
a partir das 18h
Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias.
Apoio:
APM Paulo Freire
Brinquedoteca Pública Municipal
Cine Mais Cultura
Ministério da Cultura
Governo Federal
Governo Municipal de Cruz

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Trigésima Quinta Sessão do Cine Mais Cultura





No dia 18 de Maio de 2011, nas dependências da Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, aconteceu a Trigésima Quinta Sessão do Cine Mais Cultura em Cruz, com a participação de 50 pessoas.

Nesta noite, tivemos como comemoração especial a abertura da 9 SEMANA DE MUSEUS, abordando o tema: “Museu e Memória, em celebração ao Dia Internacional dos Museus, 18 de Maio.

Como comemoração ao Dia dos Museus, exibimos o filme: “Uma noite no Museu”.

Larry Daley (Ben Stiller) é um homem de bom coração, que arranja um emprego como segurança noturno em um museu de história natural. Logo em seu 1º turno coisas estranhas começam a acontecer: esqueletos de dinossauros e estátuas de cera começam a ganhar vida. Em meio ao caos instalado no museu, a única pessoa que pode ajudá-lo é a estátua de cera de Theodore Roosevelt (Robin Williams), que, assim como os demais, também ganhou vida.

Participaram da sessão, os grupos do Pró – Jovem dos Bairros de Brasília, Tucuns, Canema e Ceru e pessoas da população geral.

Na monitoração da noite, esteve a frente: José Evaldo de Vasconcelos – Coordenador da Cultura e a Coordenadora da Biblioteca – Juberlândia Farias.

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Trigésima Quarta Sessão do Cine Mais Cultura



No espaço da Biblioteca Pública Municipal Maria Inês de Farias, dia 11 de Maio de 2011, quarta-feira, aconteceu a Trigésima Quarta Sessão do Cine Mais Cultura em Cruz.
Esta sessão teve a participação de 20 pessoas.

Participaram da Sessão, adolescentes do Pró-Jovem do Bairro de Tucuns e Canema.

Estiveram sobre a monitoria da noite: Eulália Carla Muniz, Cineclubista e a Coordenadora da Biblioteca – Juberlândia Farias.

Foram exibidos na sessão de Cinema:
Abertura – Vídeo do UNICEF contra o Racismo e exibição dos Curtas: O bailarino e o bonde; O nordestino e o toque de sua lamparina e a brincadeira dos cocos.

O bailarino e o bonde 10'; O filme conta a história de um motorneiro e suas relações com os passageiros de bonde, principalmente em tempos de carnaval, quando o bonde seguia cheio de foliões e marchinhas. No final, o filme mostra a chegada dos ônibus e suas consequências imprevisíveis na vida dos moradores da cidade.( Festival Jeri 02).

O nordestino e o toque de sua lamparina 8'; O Nordestino e Toque de sua Lamparina, retrata a vida sofrida do sertanejo do Brasil, mostrando seus sonhos, fantasias e criatividade ao encontrar uma lamparina mágica.( curtas infantis 1).

A brincadeira dos cocos 5' ; O vídeo mostra a poética e o cotidiano dos catadores e dançadores de”coco de roda” no estado da paraíba. ( Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia-DVD 02)

Durante as exibições estão sendo distribuídas pipocas e refrigerantes com o apoio da Secretaria de Ação Social.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Sessão Especial do Cine Mais Cultura



No dia 09 de Maio de 2011, nas dependências da Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, aconteceu mais uma Sessão Especial do Cine Mais Cultura em Cruz, com a participação de 20 pessoas.

No momento exibimos como abertura da noite, os curtas abordando o tema “Racismo” e tivemos também a exibição do filme: “Um adorável professor”.

Sinopse do filme:

Em 1964, um músico (Richard Dreyfuss) resolve começar a lecionar para ter mais dinheiro e assim se dedicar a compor uma sinfonia. Mas os alunos se mostram pouco interessados e as coisas se complicam quando a esposa dele da luz a um bebê surdo. Para poder financiar os estudos especiais e o tratamento do filho, o professor se envolve cada vez mais com a escola, deixando de lado seu sonho de tornar-se um grande compositor.


Participaram da sessão os componentes da Banda de Música Municipal.
Na coordenação da noite, esteve a frente: José Renato de Freitas – Monitor.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Trigésima Terceira Sessão do Cine Mais Cultura




Na Biblioteca Pública Municipal Dra.Maria Inês de Farias, no dia 04 de Maio de 2011, aconteceu a Trigésima Terceira Sessão do Cine Mais Cultura em Cruz, com a participação de 22 pessoas.


O público foi dirigido para os alunos do Projovem do Bairro de Brasília. Foram exibidos na sessão de Cinema, os curtas:

Cada um com seu cada qual 15'; Camila, uma menina de 8 anos, vê uma caixa de papelão cair de “burro sem rabo” e tenta devolvê-la a seu dono – um catador de papel, o homem lhe dá de presente a velha caixa. Ao chegar em casa, Camila encontra uma câmera na caixa – e então começa sua aventura. .(Curta Criança 2).

O sapo18'; Para se aproximar da garota de seus sonhos, o pequeno Lucas terá de viver um papel muito curioso. (curta criança 2).

Pé com fé e fé com pé 5'; um vídeo experimental sobre Kátia, uma mulher que, por ser tetraplégica, escreve, pinta, costura e se comunica com o pé. ( Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia-DVD 02)

Alma carioca 6'; História de um menino que vive na zona portuária do Rio de Janeiro na década de 20 e testemunha o surgimento do Choro, quando encontra os grandes mestres pioneiros desse estilo puramente carioca. ( Curta Infantis 1).


Estiveram sobre a monitoria da noite: a Cineclubista – Lúcia Maria do Nascimento e a Cooordenadora da Biblioteca - Juberlandia Farias.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Trigésima Segunda Sessão do Cine Mais Cultura




Aconteceu na quarta-feira do dia 27 de Abril de 2011, na Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, a Trigésima Segunda Sessão do Cine Mais Cultura.

Participaram da sessão, o grupo de adolescentes do Projovem do Bairro de Brasília e Aningas e da comunidade geral.

Exibição do filme: Vida de Menina

Sinopse:
Tendo como pano de fundo um Brasil que acaba de abolir a escravatura e proclamar a República, Helena Morley começa a escrever o seu diário, que nos revela seu universo e um país que adolesce com a menina. É nesse diário que Helena debocha e desmascara as pretensas virtudes alheias. Adolescente de ascendência inglesa, Helena vive na remota cidade de Diamantina em Minas Gerais, símbolo da era de mineração agora em franca decadência. Em um momento crítico de sua vida, ela briga para estabelecer sua liberdade e individualidade. Procurando com sofreguidão não perder uma infantil alegria de viver, e reinventando o mundo à sua maneira, Helena Morley é o diamante mais raro de Diamantina.

Na monitoração do evento, estiverem presentes:
Coordenação da Biblioteca - Maria Juberlândia de Farias e o Coordenador da Cultura – Evaldo Vasconcelos.

Trigésima Primeira Sessão do Cine Mais Cultura

No espaço da Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias, apresentamos no dia 20 de Abril de 2011, a rigésima Primeira Sessão do Cine Mais Cultura.

Na noite foram exibidos os curtas:

Rua das Tulipas - de Alê Camargo . Acostumado a criar soluções para todos os moradores da Rua das Tulipas, um grande inventor – depois de ver a felicidade de todos os seus vizinhos – descobre que ainda falta fazer uma pessoa feliz... DF, 2007, Animação, Colorido, 10 min.Animação para crianças.

Meninos é a divertida jornada de um garoto, de sua sala de aula até o banheiro da escola, vencendo alguns de seus medos e preconceitos da infância. O curta-metragem aborda a questão das relações humanas, incentivando o respeito à diversidade e resgatando valores como amizade e inocência.

Menção Honrosa - Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia.

O homem que bota ovos – de Rafael Conde. O sapateiro Bonifácio e sua mulher, Suely, moram em uma cidadezinha do interior mineiro. Bonifácio adora a esposa e confia nela totalmente. Um dia, porém, ele encontra um amigo que lhe assegura que mulheres não conseguem guardar segredos. Bonifácio acha isso um desaforo, mas acaba aceitando a sugestão do amigo: contar um segredo para a esposa e esperar para ver... MG, 2006, Ficção, Colorido, 13 min. Curta Criança 2.

Participam da Sessão o Pró – jovem do Bairro de canema.

Na monitoração da noite estiveram presentes: Eulália Carla Nascimento – Cineclubista e a coordenadora da Biblioteca, Juberlândia Farias - Coordenadora da Biblioteca .

Cronograma Cinema na Comunidade – Maio 2011

04/05 –Exibição dos Curtas: O homem que bota ovo; O sapo;Pé com fé e fé com pé e Alma carioca – MONITORIA – Lúcia Nascimento e Juberlândia Farias.
Abertura – Vídeo do UNICEF contra o Racismo;
O homem que bota ovo - 13'; O sapateiro Bonifácio e sua mulher, Suely, moram em uma cidadezinha do interior mineiro. Bonifácio adora a esposa e confia nela totalmente. Um dia, porém, ele encontra um amigo que lhe assegura que mulheres não conseguem guardar segredos. Bonifácio acha isso um desaforo, mas acaba aceitando a sugestão do amigo: contar um segredo para a esposa e esperar para ver... (curta criança 2).
O sapo18'; Para se aproximar da garota de seus sonhos, o pequeno Lucas terá de viver um papel muito curioso. (curta criança 2).
Pé com fé e fé com pé 5'; um vídeo experimental sobre Kátia, uma mulher que, por ser tetraplégica, escreve, pinta, costura e se comunica com o pé. ( Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia-DVD 02)
Alma carioca 6'; História de um menino que vive na zona portuária do Rio de Janeiro na década de 20 e testemunha o surgimento do Choro, quando encontra os grandes mestres pioneiros desse estilo puramente carioca. ( Curta Infantis 1).



11/05 –Exibição dos Curtas: O sapo; O bailarino e o bonde; O nordestino e o toque de sua lamparina e a brincadeira dos cocos. – MONITORIA – Eulália Carla e Juberlândia Farias.
Abertura – Vídeo do UNICEF contra o Racismo;
O sapo18'; Para se aproximar da garota de seus sonhos, o pequeno Lucas terá de viver um papel muito curioso. (curta criança 2).
O bailarino e o bonde 10'; O filme conta a história de um motorneiro e suas relações com os passageiros de bonde, principalmente em tempos de carnaval, quando o bonde seguia cheio de foliões e marchinhas. No final, o filme mostra a chegada dos ônibus e suas consequências imprevisíveis na vida dos moradores da cidade.( Festival Jeri 02).
O nordestino e o toque de sua lamparina 8'; O Nordestino e Toque de sua Lamparina, retrata a vida sofrida do sertanejo do Brasil, mostrando seus sonhos, fantasias e criatividade ao encontrar uma lamparina mágica.( curtas infantis 1).
A brincadeira dos cocos 5' ; O vídeo mostra a poética e o cotidiano dos catadores e dançadores de”coco de roda” no estado da paraíba. ( Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia-DVD 02)



18/05 - Exibição dos Curtas: Malasarte vai à feira; Cada um com seu cada qual; Disfarce explosivo e o nordestino e o toque da lamparina – MONITORIA – Evaldo e Juberlândia Farias.
Abertura – Vídeo do UNICEF contra o Racismo;
Malasarte vai à feira 12';Numa feira no interior de Minas, o lendário Pedro Malasartes tenta encher a barriga, nem que para isso precise cozinhar uma bela sopa de pedra. (Curta Criança 2).
Cada um com seu cada qual 15'; Camila, uma menina de 8 anos, vê uma caixa de papelão cair de “burro sem rabo” e tenta devolvê-la a seu dono – um catador de papel, o homem lhe dá de presente a velha caixa. Ao chegar em casa, Camila encontra uma câmera na caixa – e então começa sua aventura. .(Curta Criança 2).
Disfarce explosivo 6'; Juca Piau cria galinhas em seu pequeno sítio para vender na vila próxima. Um dia, duas delas se recusam a ser vendidas usando vários disfarces para enganar Juca Piau. ( curtas infantis 1).
O nordestino e o toque da lamparina 8';O Nordestino e Toque de sua Lamparina, retrata a vida sofrida do sertanejo do Brasil, mostrando seus sonhos, fantasias e criatividade ao encontrar uma lamparina mágica.( curtas infantis 1).



25/05 - Exibição dos Curtas: Ele; Catálago de meninas; Malasarte e Calango – MONITORIA – Lúcia Nascimento e Juberlândia Farias.
Abertura – Vídeo do UNICEF contra o Racismo;
Ele 13'; Animação produzida por crianças de Vitória (ES) conta a infância do compositor Noel Rosa no bairro de Vila Isabel, no Rio de Janeiro, desde seu primeiro contato com a música até o sucesso nas rádios. ( Animações para crianças).
Catálago de meninas 13'; Dalvinha é uma menina de 14 anos que mora com a mãe e o padrasto. Durante o dia, dentro de casa, ela é tratada como uma empregada doméstica até que conhece o cabaré tropical e muda de rumo de sua vida. DVD 3 – Bahia 100 anos).
Malasarte vai à feira 12'; Numa feira no interior de Minas, o lendário Pedro Malasartes tenta encher a barriga, nem que para isso precise cozinhar uma bela sopa de pedra. (Curta Criança 2).
Calango 8'; Um esfomeado calango decide que um grilo será sua próxima refeição... Mas as coisas não serão tão simples quanto ele imagina. DF, 2007, Animação, Colorido, 7 min. ( Animação para 1ª infância 2).




Participe:todas as quartas-feiras
A partir das 18h
Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias.

Apoio:Cine Mais Cultura
Ministério da Cultura
Governo Federal
Governo Municipal de Cruz

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Trigésima Sessão do Cine Mais Cultura

Exibimos no dia 13 Abril de 2011, na Biblioteca Pública Municipal, a 30ª. Sessão do Cine Mais Cultura, com a participação de 15 pessoas. Tivemos como participantes do momento, adolesecentes do Pró- Jovem do Bairro de Tucuns. Para apreciação do público, foi exibido os curtas: Rodando a Moenda -Filme que trata da fé e da coragem de um povo que luta para sobreviver através do esforço de suas mãos. Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia.


Bartô de Luiz Botosso e Thiago Veiga. Aborda a ação nociva do homem à natureza de forma leve e animada. GO, 2006, Animação, Colorido, 7 min; ( Animação para 1ª infância 2)


As coisas que moram nas coisas - Enquanto acompanham sua família formada por catadores de lixo, três crianças atribuem novos significados aos objetos descartados pela cidade, inventando brincadeiras e pontos de vista. de Bel Bechara e Sandro Serpa. São Paulo, 2006, Ficção, Colorido, 14 min. Curta Criança 02.


Na monitoração da noite estiveram presentes: Cineclubista – Lúcia Maria do Nascimento e Juberlândia Farias - Coordenadora da Biblioteca.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Vigésima Nona Sessão do Cine Mais Cultura

Aconteceu na quarta-feira do dia 30 de Março de 2011, na Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, a Vigéssima Nona Sessão do Cine Mais Cultura, com a participação de 23 pessoas. Participaram da sessão, o grupo de adolescentes do Projovem do Bairro de Brasília e da comunidade geral. No Cine, foi exibido foi: Novembrada Sinopse: Durante o último governo da ditadura militar no Brasil, em 30 de novembro de 1979, a visita a Florianópolis (SC) do então Presidente da República, General João Baptista Figueiredo, é marcada pela repressão a um protesto pacífico de estudantes universitários, transformando-se numa incontrolável revolta popular. O fato, que ficou conhecido na história como ?novembrada?, obrigou os militares a uma nova postura frente à nação, dando início ao processo das ?diretas já?. Na monitoração do evento, estiveram presentes: Coordenação da Biblioteca - Maria Juberlândia de Farias e o Coordenador da Cultura – Evaldo Vasconcelos.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Vigésima Oitava Sessão do Cine Mais Cultura

Na Biblioteca Pública Municipal Dra.Maria Inês de Farias, no dia 23 de Março de 2011, aconteceu a 28ª. Sessão do Cine Mais Cultura em Cruz, com a participação de 20 pessoas.


O público foi dirigido para os alunos do Projovem do Bairro de Aningas. Foram exibidos na sessão de Cinema: Os curtas ( O Sal Tupinambá; Carro de Boi; Bartô e Calango).


Sinopse:



  • O Sal Tupinambá - Conta a estoria de Binho, um garota índio Tupinambá do Sul da Bahia. e Carro de Boi – Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia;



  • Bartô de Luiz Botosso e Thiago Veiga. - Aborda a ação nociva do homem à natureza de forma leve e animada. GO, 2006, Animação, Colorido, 7 min; ( Animação para 1ª infância 2);


  • Calango! de - Um esfomeado calango decide que um grilo será sua próxima refeição... Mas as coisas não serão tão simples quanto ele imagina. DF, 2007, Animação, Colorido, 7 min. ( Animação para 1ª infância 2) Curtas infanto juvenis relacionados a temática ambiental.

Estiveram sobre a monitoria da noite: Eulália Carla Muniz Nascimento - Cineclubista e a Cooordenadora da Biblioteca - Juberlandia Farias.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Vigésima Sétima Sessão do Cine Mais Cultura

Aconteceu na quarta-feira do dia 16 de Março de 2011, na Biblioteca Pública Municipal Dra. Maria Inês de Farias, a Vigéssima Sétima Sessão do Cine Mais Cultura, com a participação de 18 pessoas.

Participaram da sessão, o grupo de adolescentes do Projovem do Bairro de Canema e da comunidade geral.

No Cine, foi exibido o filme Vida de Menina - Tendo como pano de fundo um Brasil que acaba de abolir a escravatura e proclamar a República, Helena Morley começa a escrever o seu diário, que nos revela seu universo e um país que adolesce com a menina. É nesse diário que Helena debocha e desmascara as pretensas virtudes alheias. Adolescente de ascendência inglesa, Helena vive na remota cidade de Diamantina em Minas Gerais, símbolo da era de mineração agora em franca decadência. Em um momento crítico de sua vida, ela briga para estabelecer sua liberdade e individualidade. Procurando com sofreguidão não perder uma infantil alegria de viver, e reinventando o mundo à sua maneira, Helena Morley é o diamante mais raro de Diamantina.

Na monitoração do evento, estiveram presentes:
Coordenação da Biblioteca - Maria Juberlândia de Farias e a Cineclubista Lúcia Maria do Nascimento.





quinta-feira, 10 de março de 2011

Cronograma Cinema na Comunidade Março/Abril



23/03 – Exibição dos Curtas: O Sal Tupinambá; Carro de Boi; Bartô; Calango - MONITORIA – Eulália Carla e Juberlândia Farias
O Sal Tupinambá - Conta a estoria de Binho, um garota índio Tupinambá do Sul da Bahia. e Carro de Boi – Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia-DVD 04
Bartô de Luiz Botosso e Thiago Veiga. - Aborda a ação nociva do homem à natureza de forma leve e animada. GO, 2006, Animação, Colorido, 7 min; ( Animação para 1ª infância 2);
Calango! de Alê Camargo . - Um esfomeado calango decide que um grilo será sua próxima refeição... Mas as coisas não serão tão simples quanto ele imagina. DF, 2007, Animação, Colorido, 7 min. ( Animação para 1ª infância 2)
Curtas infanto juvenis relacionados a temática ambiental.



30/03 - Exibição do Filme: Novembrada - MONITORIA – Evaldo Vasconcelos e Juberlândia Farias
Novembrada de Eduardo Paredes narra o embate, em 30 de novembro de 1979, entre o presidente João Figueiredo e populares no Centro de Florianópolis, sai de cartaz hoje do cine Beiramar 1. Semana que vem, filme passa no CIC. SC, 1998, Ficção, Colorido, 20 min.


13/04 - Exibição dos Curtas: Rodando a Moenda; Bartô; As coisas que moram nas coisas - MONITORIA – Lúcia Nascimento e Juberlândia Farias
Rodando a Moenda -Filme que trata da fé e da coragem de um povo que luta para sobreviver através do esforço de suas mãos. Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia-DVD 04
Bartô de Luiz Botosso e Thiago Veiga. Aborda a ação nociva do homem à natureza de forma leve e animada. GO, 2006, Animação, Colorido, 7 min; ( Animação para 1ª infância 2);
As coisas que moram nas coisas - Enquanto acompanham sua família formada por catadores de lixo, três crianças atribuem novos significados aos objetos descartados pela cidade, inventando brincadeiras e pontos de vista.
de Bel Bechara e Sandro Serpa. São Paulo, 2006, Ficção, Colorido, 14 min. Curta Criança 02


20/04 – Exibição dos Curtas: Rua das Tulipas; Meninos; Mençao Honrosa; O homem que bota ovos; – MONITORIA – Eulália Carla e Juberlândia Farias
Rua das Tulipas -
de Alê Camargo . Acostumado a criar soluções para todos os moradores da Rua das Tulipas, um grande inventor – depois de ver a felicidade de todos os seus vizinhos – descobre que ainda falta fazer uma pessoa feliz... DF, 2007, Animação, Colorido, 10 min.Animação para crianças.
Meninos é a divertida jornada de um garoto, de sua sala de aula até o banheiro da escola, vencendo alguns de seus medos e preconceitos da infância. O curta-metragem aborda a questão das relações humanas, incentivando o respeito à diversidade e resgatando valores como amizade e inocência. e Menção Honrosa - Memórias em 5 minutos do Festival de Cinema da Bahia-DVD 02 e 04
O homem que bota ovos –
de Rafael Conde. O sapateiro Bonifácio e sua mulher, Suely, moram em uma cidadezinha do interior mineiro. Bonifácio adora a esposa e confia nela totalmente. Um dia, porém, ele encontra um amigo que lhe assegura que mulheres não conseguem guardar segredos. Bonifácio acha isso um desaforo, mas acaba aceitando a sugestão do amigo: contar um segredo para a esposa e esperar para ver... MG, 2006, Ficção, Colorido, 13 min. Curta Criança 2.


27/04 – Exibição do filme: Vida de Menina – MONITORIA – Evaldo Vasconcelos e Juberlândia Farias
De Helena Solberg -RJ, 2005, Ficção, Colorido, 102 min.


Participe:
todas as quartas-feiras
a partir das 18h
Biblioteca Pública Municipal Dra Maria Inês de Farias.
Apoio:
Cine Mais Cultura
Ministério da Cultura
Governo Federal
Governo Municipal de Cruz